Os ossos do rei

Havia um rei que se orgulhava de sua linhagem e que era conhecido por sua crueldade com os mais fracos. Certa vez, caminhava com sua comitiva por um campo, onde, anos antes, havia perdido seu pai em uma batalha. Ali encontrou um homem santo remexendo uma enorme pilha de ossos.
O rei, então, intrigado, perguntou-lhe:
– O que fazes aí, velho?
– Honrada seja Vossa Majestade, – disse o homem santo. – Quando soube que o Rei vinha por aqui, resolvi recolher os ossos de vosso falecido pai para entregar-vos. Entretanto, não consigo achá-los: eles são iguais aos ossos dos camponeses, dos pobres, dos mendigos e dos escravos.

voltar


%d blogueiros gostam disto: