O caminhante e a espada

Achou um Caminhante uma Espada bem guarnecida em meio da estrada, e perguntou-lhe quem a perdera e deixara ali. Calou-se ela e esteve queda. Depois, sendo outra vez perguntada, respondeu:
– Ninguém me perdeu a mim, ainda que me vês lançada neste chão, antes eu fiz perder a muita gente; que dando ocasiões a brigas, matei alguns homens de que resultou ficarem perdidos os matadores, e os mortos mais perdidos se não estavam em graça; porque caminharam para o Inferno.

voltar


%d blogueiros gostam disto: